Famílias de Costa Rica assinam contrato do programa Lote Urbanizado

Diretora-presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (AGEHAB), Maria do Carmo Avesani Lopez participou da assinatura de contratos de 100 famílias do município de Costa Rica beneficiadas do programa Lote Urbanizado. Na ocasião também visitou o Residencial Buenos Aires, onde estão sendo construídas 62 casas do Programa Habitacional Financiado com subsídio.

A cerimônia de assinatura aconteceu na terça-feira (31), no salão do Centro de Convivência do Idoso.

Neste empreendimento a Prefeitura participa com a doação do terreno e a assistência técnica, já o governo do Estado constrói a base da casa e o beneficiário dá continuidade na construção da moradia. Em Costa Rica a previsão de conclusão das obras é para abril de 2018.

“As famílias estão empolgadas com as assinaturas dos contratos e hoje realizam o início do sonho da construção da casa própria. Isso para nós é gratificante”, diz Maria do Carmo.

O projeto Lote Urbanizado visa atender família com renda de até 5 salários mínimos e que não tenha sido beneficiada em outro programa habitacional nos âmbitos federal, estadual e municipal.

Cada terreno entregue possui 42,56m², contendo a base construída com fundação, contrapiso, 1ª fiada, fossa e sumidouro. Para esta primeira etapa o governo do Estado investiu R$ 292.789,01.

No residencial Buenos Aires a previsão de entrega das novas casas está prevista para janeiro de 2018.

Foto: Igor Santana/ASSECOM-PMCR