Rede Feminina de Combate ao Câncer apresenta na AGEHAB a campanha “Outubro Rosa”

Nesta manhã (20) a Rede Feminina de Combate ao Câncer esteve na Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (AGEHAB) falando do Outubro Rosa e da importância da prevenção contra o câncer de mama.

A enfermeira do Hospital do Câncer Alfredo Abrão, Ercilene Ribeiro destacou o auto-exame das mamas. “É um processo simples e detecta o câncer na sua fase inicial, quando a possibilidade de cura é grande”.

Ainda segundo Ercilene o medo e a falta de informação impedem que a mulher faça a mamografia e chama a atenção para que mulheres jovens que tem histórico na família que consulte um médico.

Para quem quiser ajudar a Rede Feminina poderá contribuir com alimentos para a campanha “Alimente a Esperança”. Eles montam cestas básicas para os pacientes oncológicos de Campo Grande em situação extrema de carência financeira e emocional.

Sobre

Outubro Rosa é um movimento que ocorre internacionalmente durante todo o mês de outubro. Ele tem como objetivo principal ressaltar a necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Teve início na década de 1990, nos Estados Unidos, onde os estados faziam ações isoladas referentes ao assunto. Com a posterior aprovação do Congresso Americano, o mês de outubro se tornou o mês nacional de prevenção contra o câncer de mama no país.

Para mobilizar a população americana sobre a importância da ação, as cidades começaram a se enfeitar com laços rosas. Inicialmente, a ideia foi lançada pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e os laços foram dados aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova Iorque, em 1990. Depois disso, o objeto passou a ser distribuído em locais públicos, corridas, desfiles de modas, entre outros eventos.