Arrecadação do FEHIS apresenta recuperação nos primeiros meses do ano

Categoria: Geral | Publicado: quarta-feira, março 24, 2021 as 14:00 | Voltar

Novo instrumento de trabalho deve assegurar que os números continuem melhorando

Apresentando uma recuperação financeira no início de 2021, a arrecadação do Fundo de Habitação de Interesse Social (FEHIS), foi aprovada pelos membros do Conselho Gestor nesta terça-feira (23). O cenário otimista ainda pode ganhar força com a oferta de serviços móveis que devem ajudar na correção de imóveis irregulares.

Mesmo com o cenário pandêmico vigente, o Governo de Mato Grosso do Sul tem trabalho intensivamente em diversas áreas. Na habitação, além da construção e entrega de moradias, o outro destaque vai para a renegociação das dívidas de beneficiários contemplados com a casa popular.

O aumento na arrecadação de janeiro para fevereiro é fruto de uma sistemática que envolve o Programa Morar Legal e as Taxas de Despesas. O primeiro possibilita ao morador a quitação de seus débitos referentes à sua unidade habitacional para com o Estado. Já o segundo é referente as operações realizadas nos dois primeiros meses. Ao final do processo, ambos geram o capital.

Logo após, fica sobre responsabilidade do Conselho Gestor a aplicação correta do valor obtido. Boa parte é investido nas obras de habitação espalhadas pelos municípios como a substituição de moradias precárias e a compra de kits de materiais.

A expectativa é que o saldo continue se recuperando, e para isso, os serviços já desenvolvidos serão disponibilizados por quatro rodas. A parceria entre a Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul – Agehab, e a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), resultou na oferta de um veículo modelo VAN, que será adaptado para atender o interior.

Para a diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez, é claro o papel do Conselho Gestor na execução de atividades fundamentais. “É muito importante ter essas reuniões com todos os participantes e definir os próximos passos e garantir que a arrecadação seja bem ministrada”. O mesmo é formado por membros de diversos órgãos e entidades públicas.

Na reunião também foi apresentado a prestação de contas do Balanço do Exercício de 2020.

Davi Nunes Souza, Agehab

 

 

 

Publicado por: Assessoria de Comunicação

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.